12 de jul de 2018

Livros que li em Junho


Imagem gratuita internet - Pixabay

Eu senti uma caída nas leituras no mês de maio. Acho que uma série de coisas contribuiu para isso, tipo: acúmulo de atividades, falta de comprometimento com as metas diárias (eu confesso... kkkk), visita de Papis e Mamis e muitas visitas, etc... Mas, no geral deu para ler os que eu tinha como meta fixa com grupos de leituras e desafios.
Vamos lá?

1) A VERDADE SOBRE NÓS
Eu não tenho certeza, mas acho que já vi algum filme que fala desse tema... Nem sei se é adaptação desse livro. Falem aí se vocês já assistiram alguma coisa parecida.
Eu gostei do romancezinho em estilo cartas da protagonista. A história é bem leve e melosa, mas dá para ter uma ideia das porcarias que fazemos na juventude e que não dá para consertar, ou seja, a importância de pensar bem antes de tomar qualquer atitude.
Fiquei com uma baita pena do Bennet, ele realmente não teve culpa de nada, apesar de também ter feito uma escolha de risco...
Madelyn foi imatura, como uma jovem de 16 que era, apesar de antes disso ter sido sempre uma filha e aluna exemplar, tem horas que dá até raiva da menina ser tão certinha... Mas, não se esqueçam que o livro é um apanhado de cartas dela mesma explicando tudo o que aconteceu, ou seja, temos apenas a sua própria versão. Eu, apesar de não ter tido nada parecido na minha juventude, me vi em muitas das atitudes da Maddy em relação à família... Pois é, eu recomendo que leiam como um descanso entre leituras mais densas, mas não esqueça de colocar um lencinho ao lado se for do tipo emotivo(a).

2) A ABADIA DE NORTHANGER
Decididamente, a cada leitura da Jane Austen eu descubro que ela não é o meu estilo. Esse é o segundo livro que leio, mas que não fico maravilhada como tanta gente por aí... Será que sou eu que sou "errada"? Não consegui ver brilho na história, que é muito bem escrita, mas que não me ganhou o coração. Muita descritiva e os personagens parecem muito distantes, não existe paixão na construção das relações (por favor, não me odeiem). Eu vou dar mais uma chance para a Jane Austen, estou me preparando para ler Razão e Sensibilidade que dizem ser a obra prima da autora.




3)A POÇÃO SECRETA
O livro fofo do início ao fim. Gostei demais do seu ritmo alucinante. A cada capítulo você tinha a impressão de estar num tobogã enorme, numa descida cheia de adrenalina. Deve ter sido por causa da tal Caçada Selvagem, no início eu pensei que fosse uma busca simples de uma fórmula, sem perigos, mas esses meninos enfrentaram uma boa dose de aventura e eu embarquei com eles de corpo e alma. Chorei, sorri e me diverti muito com essa narrativa maravilhosa da autora.
Ele fica no nível de infanto-juvenil, mas com uma pegada que apaixona todas as idades e tem uma moral por trás que você percebe logo. Bom pra refletir sobre as nossas atitudes e o que nos leva a decidir agir do jeito que agimos.
Não tem como não se emocionar e se alegrar com a história. Eu amei a Sam e toda a sua família. Acho que elegeria todos para ser a minha própria família.
Venha descobrir o que é a Caçada Secreta. Recomendo demais!

E essas foram as minhas leituras do mês. Fiquei muito feliz, apesar de não ter gostado 100% de tudo, mas no balanço geral, não tive leituras difíceis. Vamos agora, ver o que me aguarda no mês de julho.

Grande abraço,
Drica.