5 de dez de 2016

Balanço de Natal!

(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)

Pensei em fazer um Balanço de Natal já que nos aproximamos do final do ano e 2017 já está às portas. Falar o que de tantas coisas que me aconteceram em 2016?

Na verdade, também tive muitas dificuldades, acredito que todas as pessoas tiveram também.

Ninguém é imune a fatos tristes, notícias impactantes, apertos, desentendimentos, doenças, falecimentos, etc...

A diferença entre estar bem ou mal a essa altura do ano é uma só: A forma de olhar o que nos acontece no decorrer da vida com a tranquilidade de quem sabe que é sempre possível enxergar soluções que estão ao nosso alcance!
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Em 2016, comemoro o progresso de minhas leituras, que fazia tempo que estão paradas. Também ao início de uma nova era de escrita. Sempre gostei muito de ler e não fazê-lo era, para mim, um sofrimento incrível. Lembro-me da minha adolescência, no interior do RN, das tardes, especialmente quando subia pelo cajueiro do quintal até a laje da casa (local mais tranquilo e desejado) e me perdia nesse universo da leitura. Só descia ao ouvir minha mãe me chamar para fazer algo, ou lanchar. Nessa época, conheci muita gente interessante que me ajudou na formação da minha personalidade e amadurecimento pessoal: Machado de Assis, Jorge Amado, José Lins do Rego, José Mauro de Vasconcelos, José de Alencar, Paulo Coelho, Eleanor H. Porter, Castro Alves, Exupèri; uma infinidade de outros nomes que são incontáveis. Vejo, apesar de tantas leituras e de alguns escritos que me atrevia a fazer e não partilhava com quase ninguém, que poderia ter lido muito mais e me dedicado a escrever melhor porque são coisas que amo fazer!

Não sei porque me perdi desse cenário de muitas histórias contadas e lidas. Sei que o tempo foi modificando as prioridades e acabei por me afastar aos poucos desse vício de leitora que mora dentro de mim.
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Houve uma época em que não tinha mais tempo (ou pelo menos eu achava que não tinha) para ler um bom livro... Vestibular, faculdade, namoro, vida social (que nem era muito agitada), casamento, filhos, trabalho e uma porção de novas responsabilidades...

Com o advento da internet na minha vida, tudo mudou! A vida ficou mais acelerada e tudo o que faz parte dela. Comecei a enveredar por esse ambiente cibernético, criar contas, conhecer pessoas, ler mais conteúdo virtual e, enfim, criei um blog para compartilhar histórias, fotos e alguns poucos escritos. O tempo é muito curto e parece que a cada dia vai ficando mais apertado. Eu insisto em me manter aqui, no meu espaço, meu blog pequenino. Às vezes, penso em parar de postar porque não consigo colocar conteúdo na velocidade e constância que a maioria das pessoas que conheço conseguem, muitas vezes o meu blog fica parecendo uma "casa abandonada". Mas, muitas vezes ele se torna pequeno, comparado ao mundo de idéias e sonhos que tenho dentro de mim, o tempo que disponho é que é curto. Aliás, o tempo é o mesmo de sempre, eu é que tenho atividades demais para o tempo que disponho, ou devo aprender a listar minhas prioridades e administrar minhas atividades. Ainda não consegui!

Não quero desistir de fazer a minha parte, mesmo que pequena, nesse mundo virtual. Tanta gente que vale a pena eu conheci através do blog e de outros canais que tenho. Não tenho condições de dizer todos os nomes e me perdoem se eu esquecer algum nesse momento, mas quero registrar os mais próximos, ou mais recentes que estão ao meu lado aqui no ambiente das leituras e das redes sociais.
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Meu muito obrigada a Rafaela Perensin (Autora de A face inversa do amor), que acreditou na minha parceria nessa divulgação do seu primeiro livro e que sempre foi tão gentil e solícita, num universo que ainda tem muita gente que "se acha", mas que não sabe dar nada mais do que livro, e não consegue dar sua própria essência.

Muito bom conhecer gente educada e gentil como o Wagner RMS (Autor de Mônica e outras histórias fantásticas e emocionantes), FML Pepper (autora da trilogia Não Pare - Não Olhe - Não Fuja), Juliana Mendes (Autora de Porque fechei os olhos - romance hot de qualidade), LM Gomes (autora de Doce Imperfeição - romance hot de qualidade) Esther Lya (autora de É proibido sorrir) e tantos outros nomes.

Muita gente que não escreve profissionalmente também divide comigo esse ambiente de prazer por leitura e coisas afins.

Comemoro minha primeira maratona literária (nem sabia que isso existia antes... kkkkk) no blog Desencaixados (Abração, Victor!). Parecia uma grande gincana de leitura com inúmeras tarefas que quase não consegui cumprir em 3 dias, um final de semana. Quase surtei! Consegui completar as provas e fiz grandes amigos por lá, as meninas que me acompanham, quase que diariamente pelo "whats": Jaque, Cirlene, Nanny, Nina (Tem mais gente, essas são as que mais tenho contato e que são maravilhosas!).

O blog Desencaixados me colocou no "olho do furacão" das leituras e me deu um norte para o que eu ainda precisaria fazer da minha vida em termos de livros. Depois disso, conheci tantos novos autores nacionais de qualidade que me fizeram ver a riqueza que nós temos e nem sempre damos valor porque o espaço de divulgação é muito voltado para a literatura estrangeira, sem querer desmerecer nenhum grande nome da literatura mundial! Todos tem que lutar pelo seu próprio espaço!

Hoje, posso ler gente da minha terra que eu não conhecia. Acabei de ler Quarenta Dias (Prêmio Jabuti 2015), da Maria Valéria Rezende, escritora que mora em minha cidade e que eu nem sabia que existia. Foi maravilhoso saber que ela se reúne com algumas pessoas que produzem contos e outros escritos, bem perto de onde moro!
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Além dos escritores, conheci muita gente especial, como a Karin (uma benção em minha vida!) do blog Meu Doce Lar, artesã de mão cheia e história de vida linda e que abençoa minha vida com sua amizade. Não nos conhecemos pessoalmente, mas parece que a conheço desde que nasci de tanto carinho que tenho por ela. Gente simples, mas especial, que vai deixando sua marca boa dentro do coração da gente.
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Conheci a Cleuza, no G+, num momento de decepção virtual, que me ouviu e compartilhou comigo suas histórias e também está presente quase que diariamente na minha vida através do "whats", nos nossos bom-dias cheios de belas imagens e lindas mensagens de carinho e amizade.
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)

Não poderia deixar de citar a maravilhosa Elaine Gaspareto. Ela tem um blog lindo, que nos ensina a entender e modificar os nossos blogs. Ela trabalha com templates, mas disponibiliza muita coisa boa sobre esse cantinho da net e me ajuda muito! Fora isso, de vez em quando compartilha a rotina pesada e difícil que tem algumas vezes. É gente de carne e osso, como eu. Verdadeira e muito querida!

Gostaria de marcar todos os nomes, mas é impossível falar de todos de uma vez só, então, vou falando aos poucos de cada um e da importância que tem na minha história como pessoa de carne e osso, nesse ambiente virtual, habitualmente tão cheio de falsidade, mas que insisto em tornar mais humano e verdadeiro com a minha pequena contribuição.

Obrigada a todos! Agradeço a Deus pelas alegrias vividas desde o início do primeiro blog. Tenho sonhado um sonho mais audacioso, e estudando como fazer para esse espaço se tornar mais acolhedor e funcional. No ano de 2016 eu pude aprender e vivenciar muita coisa boa!
(ao clicar na imagem você será direcionado a página de onde eu a retirei)
Um Feliz Natal para todos os que fazem parte dessa minha história! Que o Ano de 2017 venha para nós com todas as bençãos desejadas!

Feliz demais por todas as vitórias!

Grande abraço,

Drica.